Notícia - Primeiro banco de leite materno abre no início do ano

Vai abrir na primeira quinzena de Janeiro de 2009 na Maternidade Alfredo da Costa, em Lisboa, o primeiro banco de leite materno em Portugal, afirmou o director da instituição, Jorge Branco.

Segundo Jorge Branco, o banco abrirá assim que chegue equipamento que ainda está em falta.

As mulheres que tenham excesso de leite poderão doá-lo ao banco para suprir as carências de bebés que não podem ser alimentados pelas suas mães, como os bebés prematuros e os filhos de infectadas com HIV, tuberculose ou hepatites.

«O primeiro banco que está neste momento em Portugal a desenvolver-se na Maternidade Alfredo da Costa, mas sei que há outros hospitais que terão esse interesse, principalmente os hospitais que têm muitos pré-termos (prematuros)», afirmou Ana Jorge, ministra da Saúde, à margem da Conferência da UNICEF/Comissão Nacional da Inicativa dos Hospitais Amigos dos Bebés, assinalando a «Semana do aleitamento materno».

A responsável da pasta da Saúde recordou que os bancos de leite foram prática há alguns anos mas foram postos de lado pelo risco das doenças transmissíveis. No entanto, hoje em dia é possível tratar o leite materno para que ele mantenha as suas qualidades e seja seguro, justificou Ana Jorge.

Ana Jorge lembrou que os bancos de leite foram prática há alguns anos, mas que foram postos de lado devido ao risco das doenças transmissíveis. «Hoje talvez façam todo o sentido», sublinhou, esclarecendo que actualmente há processos de tratamento que permitem que o leite materno mantenha as suas qualidades e seja seguro.

(c) PNN Portuguese News Network