sábado, 19 de maio de 2018

Conteúdo - Alzheimer


O que é a doença de Alzheimer?
A doença de Alzheimer, de instalação insidiosa e progressão lenta, afeta, primeira e predominantemente, a memória episódica, com o doente começando por ter dificuldades em lembrar-se de fragmentos recentes da sua vida (onde coloca os objetos, os recados, o que comeu no dia anterior, em que dia do mês está).

Quais os sintomas da doença de Alzheimer?
As memórias mais remotas resistem melhor, mas acabam também por se perder ao longo da doença. Ao defeito de memória vão-se juntando lentamente outros sintomas característicos da doença de Alzheimer:
-começa a haver dificuldade em reconhecer pessoas;
-o discurso torna-se cada vez mais pobre e entrecortado à procura de palavras;
-a orientação em espaços fica cada vez mais difícil;
-com o tempo começam também a surgir as primeiras alterações do comportamento, sendo frequentes -as alucinações visuais e a atividade delirante (o doente achar que o roubam ou perseguem), resultando em agitação e agressividade.

Este conjunto de dificuldades aumenta até ser suficiente para a pessoa deixar de viver de forma autónoma, tendo que ser ajudada em tarefas antes realizadas de forma natural como cozinhar, vestir-se, lavar-se, lidar com eletrodomésticos ou dinheiro.

O exame neurológico na deteção de Alzheimer
O exame neurológico é tipicamente normal nas fases iniciais da doença de Alzheimer e os exames de imagem, se não forem também normais, mostram apenas atrofia dos hipocampos, formações anatómicas existentes na parte interna dos hemisférios cerebrais e que têm um papel fundamental na consolidação e evocação de novas memórias. Em fases mais avançadas de Alzheimeros doentes desenvolvem muitas vezes sinais de parkinsonismo (lentidão e rigidez) e os exames mostram atrofia de todo o cérebro.

Informação retirada daqui

Sem comentários:

Mensagens populares

Recomendamos