Curiosidade - O motivo ‘nojento’ pelo qual deve baixar sempre o tampo da sanita



Não colocar o tampo para baixo significa que ao puxar o autoclismo vai estar a lançar para o ar uma ‘chuva’ de germes asquerosos.

Germes estes que podem aterrar em qualquer lugar ou objeto… incluindo na sua escova de dentes!

Tal processo é conhecido pela expressão ‘efeito aerossol’. Charles P. Gerva, professor de microbiologia na Universidade do Arizona, nos Estados Unidos, explicou à publicação Mirror Online, o que se passa na sua casa de banho: “Basicamente, cada vez que puxa o autoclismo e deixa o tampo para cima, está a levar com uma pulverização significativa de germes em cima”.

E acrescentou: “Quando as gotículas são expelidas da sanita para o ar, é como se tratasse de um fogo de artificio microscópico”.

Estima-se que os indivíduos puxem, em média, o autoclismo entre cinco a seis vezes por dia. O que anualmente contabiliza cerca de duas mil descargas.

Para além de fechar o tampo, Gerva recomenda que afaste da sanita a sua escova de dentes e outros objetos.

Se não se sente de todo nauseado por esta informação, saiba então que manter o tampo da sanita aberto durante as descargas pode deixá-lo fisicamente doente, devido à penetração e propagação de bactérias no organismo.

Comentários